Após quatro meses de alta, intenção de consumo recua na Capital

Após quatro meses registrando crescimento, a Intenção de Consumo das Famílias (ICF) recuou em Campo Grande no mês de outubro. A pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) alcançou 96,9 pontos este mês, uma queda de 1,7% em relação ao mês passado (98,5). Já na comparação anual, o aumento foi de 20,67%.



Dos sete indicadores apurados, apenas dois apresentaram índices positivos, emprego atual (4,8%) e compra a prazo (acesso ao crédito), com 1,6%. O momento para duráveis foi o que registrou mais pessimismo (-11,5%), seguido pelo nível de consumo atual (-5,4%). A confiança é maior que a média para os que recebem mais de 10 salários mínimos (109,3 pontos) e menor entre os que recebem até 10 salários (94,4 pontos).



"Estamos passando por momentos delicados na vida pública do País. O período eleitoral mexe com a confiança dos brasileiros e é natural essa queda, diante das incertezas. Além disso, após o Dia das Crianças é comum haver uma queda de intenção de consumo, com vistas a reservar o fôlego das compras para o final do ano. Passando o período eleitoral e diante dos preparativos para o Natal, Ano Novo e as confraternizações de dezembro, acreditamos em uma melhora na confiança do consumidor”, afirma o presidente do Instituto de Pesquisa da Fecomércio-MS (IPF-MS), Edison Araújo. 

 
Problemas com a imagem
Problemas com a imagem

Sobre o Sindicato

Sindicato dos Empregadores no Comércio de Nova Andradina

  • Endereço:
    Rua Prof. João de Lima Paes, 1575 - Centro
  • CEP: 79750-000
  • Processo: CERSC 1664
  • Telefone(s):(67) 3441-7898
  • Email contato: sinconova@hotmail.com
  • Presidente:
    ANTONIO MARCOS DALAVALE